Esse artigo foi elaborado para destacar os principais pontos sobre o tema Diversidade e Inclusão apresentados durante o evento Kenoby Talks, o maior evento da área de Recrutamento e Seleção do Brasil. Abaixo, mostramos os highlights da palestra “Conhecimento, o primeiro degrau para o sucesso”, com falas de Márcia Maia, Cofundadora e Presidente do Projeto Capacita-me.


Imagem de capa da palestra de Marcia Maia no evento Kenoby Talks.

Diversidade ou normalidade?

Aqui estão alguns dados da população brasileira, hoje:

  • 1,4% da população brasileira apresenta déficit mental
  • 54% é composta por pessoas negras
  • 7,5% são LGBTI+
  • 6,7% são cadeirantes
  • 2,3% têm déficit motor

Então, nós estamos falando sobre Diversidade ou normalidade? Afinal, 76% da população brasileira é definida como diversidade. 

Agora, vou propor algumas perguntas:

  • Qual a sua visão sobre diversidade?
  • O quantos a sua empresa investe no ser humano?
  • Dentro da sua empresa, quando representam diversidade?
  • Quantas pessoas que representam diversidade fazem parte do seu convívio?
  • Quantos você poderia dizer que são seus amigos?

Diversidade não é sinônimo de inclusão. Ainda precisamos de uma mudança estrutural nas empresas, um movimento de dentro para fora, respeitando e entendendo que o respeito ao ser humano em suas especificidades fazem parte do normal, entendendo que 76% da população brasileira representam diversidade.

Inclusão: como não tornar um impedimento para o crescimento do meu colaborador?

  1. Não contratar apenas para cumprir a lei;
  2. O CEO é a peça chave para uma mudança na sua empresa;
  3. Promover uma mudança na política interna, a fim de promover uma inclusão consciente;
  4. A área de Responsabilidade Social precisa ser fortalecida, promovendo a conscientização de todos;
  5. O treinamento dos gestores é essencial, os líderes precisam estar preparados para inclusão e para proporcionar um ambiente menos hostil;
  6. O RH é a fundamental por ser a porta de entrada da empresa e a Comunicação também, por fomentar e engajar os valores.

O que a sua empresa ganha com a inclusão?

  1. Valorização humana;
  2. Aceitação e respeito pelo diferente;
  3. Diversidade de ideias;
  4. Ambiente mais descontraído e colaboradores mais felizes;
  5. Interação entre gerações;
  6. Discussões e debates sobre as desigualdades de forma mais madura;
  7. Quebra de preconceitos estruturais;
  8. Ambiente mais igualitário e democrático.

Projeto Capacita-me

O Capacita-me é um projeto de responsabilidade social, que oferece de forma gratuita um curso de Atualização de Mercado ao cidadão em situação de vulnerabilidade social. O projeto busca empresas que entendam que a inclusão passa pela equidade. Porque nós não podemos usar a mesma regra para pessoas diferentes, cada um precisa de um olhar diferente. Só assim a empresa ganha em diversidade e qualidade também. Sem esse olhar, é impossível levar a inclusão para a empresa de forma consciente. 

Os professores são profissionais voluntários atuantes no mercado. Para fazer parte do Capacita-me, basta estar desempregado, ter mais de 18 anos e se inscrever pelo site do projeto. Existe uma pré-seleção, são desenvolvidos 5 turmas anuais de cursos de 30 horas e, após o curso, há um feirão de oportunidades  na sede, onde muitos já saem recolocados. 

Em 2019, de 171 cursistas, 48% foram recolocados. Além de atualizações do mercado de trabalho, fornecermos uma gestão emocional, pessoal, financeira e do tempo. Todos podem colaborar, porque o Capacita-me entende que o problema da falta de equidade nas empresas é de todos, então se todo mundo colaborar de alguma forma e assumir uma pequena parcela de responsabilidade, é possível mudar os cenários.

Concluindo…

O movimento que as empresas precisam fazer é de dentro para fora, olhando para os candidatos e os colaboradores e entendendo o que eles precisam.